InvestEducar Cursos Online e Treinamentos Presenciais

O que são e como funcionam os Juros?

Juros pode ser conceituado como a remuneração pelo uso do capital.
A taxa de juros sofre alterações com aumento e diminuições na oferta
monetária. Pode ser definida como o preço que se deve pagar para se
antecipar a disponibilidade de fundos financeiros.

Se a intenção
do Banco Central é aumentar oferta monetária, ele injetará dinheiro na
economia, e portanto, a quantidade de moeda que as pessoas desejarão
reter, é menor que a quantidade de moeda ofertada pelo Banco Central, o
que ocasionará excesso de oferta de moeda. As pessoas que estiverem com
excesso de moeda, o usarão para comprar os títulos que rendem juros.
Como conseqüência, haverá um aumento na procura por títulos, o que fará
com que seus preços aumentem, e haja uma queda na taxa de juros.

Caso
a intenção do Banco Central seja a redução da oferta monetária, a
quantidade de moeda que as pessoas passarão a reter é maior que a
quantidade de moeda ofertada pelo Banco Central, o que ocasionará
excesso de demanda de moeda. Como resultado, as pessoas tendem a
aumentar a quantidade de moeda retida, através da venda de seus títulos.
A taxa de juros irá subir até atingir uma nova taxa de equilíbrio.

Como
conclusão, pode-se dizer que vale a pena investir em um bem de capital
sempre que a taxa de retorno do investimento exceder a taxa de juros do
mercado.

Taxas de juros baixas tornam menos atraente a atividade de poupar, e conseqüentemente, de emprestar.

Em
um intervalo de tempo, a medida de juros constituída pela diferença
entre o capital no intervalo e o capital no início do intervalo.

Conforme a fórmula abaixo:

J = F – P

Fórmula 1

Onde:

J= Juros / F= Capital Final ou Montante / P= Capital Inicial ou Principal

Ou seja:

F = P + J

Fórmula 2

Taxa de juros

O juros é expresso como uma fração do capital, em uma certa unidade de tempo.

Desta
forma, a taxa de juros de uma operação é vista como a remuneração da
unidade de capital inicial, em certo intervalo de tempo.

A taxa de juros é indicada com a letra i. Conforme a fórmula abaixo:

i = J / P

Fórmula 3

Ou seja:

J= P . i

Fórmula 4

Capitalização simples

No regime de capitalização simples, os juros são gerados pelo capital P inicialmente investido.

Conforme a fórmula abaixo:

F = P(1+n.i)

Fórmula 5


Esta
expressão nos indica que o juros simples é proporcional ao capital
inicial P, ao número n de intervalos de tempo e à taxa de juros i.

Capitalização Composta

No regime de capitalização composta, os juros são constituídos no fim de
cada intervalo de tempo, e são gerados pelo montante do início de cada
intervalo.

Em outras palavras, os juros são gerados pela
somatória do capital P, que foi inicialmente investido, com os juros
acumulado até o final do intervalo anterior.

Conforme fórmula abaixo:

F = P(1+i)n

Fórmula 6

28 de julho de 2014

investeducar cursos, desde 2009

investeducar, fundada em 2009, é uma empresa especializada em treinamentos e educação de administração, negócios, recursos humanos, finanças, investimentos e etc, sendo uma das principais empresas do Brasil em seu ramo de educação para profissionais.

Mais de 53.000 alunos formados

Com atuação em todo o Brasil, a investeducar já formou mais de 53.000 alunos em cursos próprios, cursos in company (corporativos), palestras e mini-cursos.

PARCEIROS

Modalmais Home Broker | UltimoInstante | Setor Energético

Insira o Código de Validação de Certificado no campo Abaixo, para Validar o Certificado do Curso

Investeducar Treinamentos E Desenvolvimento Profissional Ltda CNPJ: 12.004.474/0001-90 Alameda Santos, 705, Conjunto 54, Cerqueira César, São Paulo, Sp, 01419-001
Investeducar Treinamentos e Desenvolvimento Profissional LTDA CNPJ: 12.004.474/0001-90 Alameda Santos, 705, conjunto 54, Cerqueira César, São Paulo, SP, 01419-001
X