InvestEducar Cursos Online e Treinamentos Presenciais

O que são Autoridades de Apoio?

As autoridades de apoio são instituições que podem atuar como
instituições financeiras normais auxiliando na execução da política
monetária (como o Banco do Brasil) ou normatizando um setor específico
(como a CVM).

As principais autoridades de apoio do Brasil são:

CVM – Comissão de Valores Mobiliários

Órgão normativo, voltado para a fiscalização, disciplina e
desenvolvimento do mercado de valores mobiliários não emitidos pelo
Sistema Financeiro e pelo Tesouro Nacional. Possui autonomia para
normatizar a atuação dos diversos integrantes do mercado, devendo zelar
pela regularidade e confiabilidade do mercado, portanto, normatiza e
persegue a sua padronização.

Tem plena competência para julgar e
punir eventuais irregularidades cometidas no mercado.
A CVM possui uma estrutura destinada à orientação dos investidores, ou
então, para que esteja apta para acolher suas denúncias e sugestões.
Resumidamente, os objetivos essenciais da CVM, são caracterizados:

  • estimular a aplicação de poupança no mercado acionário;
  • executar o funcionamento eficiente das bolsas de valores e instituições auxiliares que operem neste mercado;
  • proteger
    os titulares de valores mobiliários contra irregularidades da emissão
    dos títulos, e contra atos ilegais de manipulação dos preços dos valores
    mobiliários nos mercados primários e secundários;
  • fiscalizar a emissão, registro, distribuição, e negociação de títulos emitidos pelas sociedades anônimas de capital aberto.

Banco do Brasil – BB

Está se ajustando aos poucos, à estrutura de um banco múltiplo
tradicional, porém em muitos casos, ainda opera como agente financeiro
do Governo Federal.
É o principal executor da política oficial de crédito rural.

Mantém
algumas funções que não são próprias de um banco comercial comum, uma
vez que são atividades caracterizadas como de parceiro principal do
governo federal na prestação de serviços bancários, pois age como
principal executor dos serviços bancários de interesse do Governo
Federal.

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social –BNDES

É a principal instituição financeira de fomento do País, tendo como objetivos básicos:

  • Auxiliar o desenvolvimento econômico e social do País
  • Fortalecer o setor empresarial nacional
  • Estimular o surgimento de novos pólos de produção, atenuando os desequilíbrios regionais
  • Proporcionar a integração do desenvolvimento das atividades agrícolas, industriais e de serviços.
  • É encarregada também de gerir o processo de privatização das empresas estatais.

 

Caixa Econômica Federal – CEF

É a instituição financeira que fica responsável por operacionalizar as
Políticas do Governo Federal para habitação popular e saneamento básico,
sendo caracterizada cada vez mais como o banco de apoio ao trabalhador
de baixa renda.

Entre suas principais atividades estão a
captação de recursos em cadernetas de poupança, em depósitos judiciais e
a prazo, e sua aplicação em empréstimos vinculados à habitação.

Quase
a totalidade dos recursos obtidos junto ao Fundo de Garantia por Tempo
de Serviço – FGTS – são direcionados para as áreas de saneamento e
infra-estrutura urbana.
A CEF cuida da administração de loterias, de fundos e de programas.

Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional – CRSFN

Tem como responsabilidade julgar os recursos e interpostos das decisões
relativas à aplicação de penalidades administrativas pelo Banco Central
do Brasil, Comissão de Valores Mobiliários e Secretaria de Comércio
Exterior.

Em sua composição, há oito conselheiros com as devidas
competências e conhecimentos em mercado financeiro e de capitais. São
eles:

  • Um representante do Ministério da Fazenda
  • Um representante do Banco Central
  • Um representante da Caixa Econômica Federal
  • Um representante da Comissão de Valores Mobiliários
  • Quatro
    representantes das entidades de classe, do mercado financeiro e de
    capitais, indicados por solicitação do Ministro da Fazenda.


As entidades de classe quem integram o CRSFN são as seguintes:

  • Abrasca (Associação Brasileira das Companhias Abertas)
  • Anbid (Associação Nacional dos Bancos de Investimento)
  • CNBV (Comissão de Bolsas de Valores)
  • Febraban ( Federação Brasileira das Associações de Bancos)
  • Abel (Associação Brasileira das Empresas de Leasing)
  • Adeval (Associação das Empresas Distribuidoras de Valores)
  • AEB ( Associação de Comércio Exterior do Brasil)


As
quatro primeiras entidades listadas possuem assento no Conselho como
membros-titulares, e os demais como suplentes. Ambos são nomeados pelo
Ministro da Fazenda, com mandatos de dois anos.

28 de julho de 2014

investeducar cursos, desde 2009

investeducar, fundada em 2009, é uma empresa especializada em treinamentos e educação de administração, negócios, recursos humanos, finanças, investimentos e etc, sendo uma das principais empresas do Brasil em seu ramo de educação para profissionais.

Mais de 53.000 alunos formados

Com atuação em todo o Brasil, a investeducar já formou mais de 53.000 alunos em cursos próprios, cursos in company (corporativos), palestras e mini-cursos.

PARCEIROS

Modalmais Home Broker | UltimoInstante | Setor Energético

Insira o Código de Validação de Certificado no campo Abaixo, para Validar o Certificado do Curso

Investeducar Treinamentos E Desenvolvimento Profissional Ltda CNPJ: 12.004.474/0001-90 Alameda Santos, 705, Conjunto 54, Cerqueira César, São Paulo, Sp, 01419-001
Investeducar Treinamentos e Desenvolvimento Profissional LTDA CNPJ: 12.004.474/0001-90 Alameda Santos, 705, conjunto 54, Cerqueira César, São Paulo, SP, 01419-001
X